quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

As donas do sexo nada frágil! - Puxando a Brasa pro meu lado!

 Nos contos de fadas, elas são vítimas sofredoras dos mais diversos abusos. Repentinamente, elas foram ganhando espaço, deixando um pouco de lado a alcunha de princesas e recebendo títulos vinculados à luta: aventureiras, guerreiras, lutadoras e princesas guerreiras.

Hoje, o Nerd Way of Life apresenta uma curiosa lista daquelas personagens que dispensam os cavaleiros de armadura e partem para a luta com coragem maior do que muito marmanjo!

10) Marle e Lucca - As garotas de Chrono Trigger assumem a liderança do grupo quando Chrono, em um último alento, tenta salvar o grupo todo do ataque do invencível Lavos. Marle é o coração: bonita, corajosa, órfã de mãe e, por vezes, rebelde. Já Lucca é a razão: é esperta, racional e muito bondosa.
Recomendo: Chrono Trigger é uma referência ao RPG como gênero de game. O jogo é único e, muitas vezes, emocionante. Foram 14 finais diferentes, mas a Square nunca declarou o número definitivo de finais. As garotas desse jogo também mexem com a imaginação e com a emoção do jogador. Destaco a cena em que Chrono precisa ser revivido. Uma das garotas será essencial para essa cena...



9) Fio e Eri - As garotas de Metal Slug, além de engraçadas são bonitas e corajosas. Numa situação em que só os mais valentes sobrevivem, elas mostram que lugar de mulher é no tanque... de guerra, ou melhor, num Metal Slug. O jogo, antigamente, seguia o padrão beat’n’up oitentista (um personagem para o jogador um, outro personagem para o jogador 2), mas, em sua  segunda edição, Marco e Tarma já têm os reforços do grupo Falcão Peregrino: Fio e Eri. Todos os personagens em Metal Slug têm histórias e habilidades únicas, como táticas de espionagem e facilidade em mexer com computadores, mas as garotas se superam na inovação, apresentando um revolver 38 como arma básica e uma machadinha como arma branca.
Recomendo: Toda a antologia Metal Slug é demais! Uma coisa tão triste como a guerra abordada de forma, no mínimo, cômica. A partir do segundo MS, as garotas aparecem com exemplo de que a coragem também é uma virtude do belo sexo.

8) Blue Mary - Cansada de matar as namoradas de Terry Bogard, a SNK deu mais uma chance ao rapaz e criou a "Maria Azul". Eu estou brincando... é uma referência ao estilo musical Blues, que a SNK trabalhou para promover a heroína. No início, ela só parece uma lutadora metida, mas mais tarde demonstra ser uma eficiente detetive, amante dos animais e garota cheia de estilo. (Além daquela moto animal!) O estilo de luta é inédito nos games: o Sambô (que mistura judô e jiu-jítsu, com torções e saltos espetaculares. Mary começa misteriosa, mas termina sendo uma verdadeira personalização do Blues: uma pessoa de boas! Eu lamento mesmo que seu relacionamento com Terry não tenha sido bem resolvido ao longo dos jogos, mas ainda há tempo...
Recomendo: todos os jogos em que ela aparece são demais! Curto mais ela nos KOFs. Verifiquem um bom gameplay dela no KOF MI Regulation A, é uma versão mais realista dela, com as roupas do Real Bout Special. Muito legal!

7) Nakoruru - Não se engane por esse rostinho... Nakoruru é tão bonitinha quanto perigosa. Uma espada curta (a kodachi), uma águia ( chamada Mamahaha) ou um lobo (chamado Shikuru), tornam essa menina uma das maiores catástrofes no seu caminho samurai. Nakoruru serviu de molde para várias outras personagens em games, como é o caso de Xianguia e Talim, de Soul Calibur. A prova que garotinhas às vezes podem ser bem más. Em Samurai Spirits V, Nakoruru ganhou um alterego: Rera.
Recomendo: Samurai Spirits 1, 2 e 4. Mas cuidado: todos os games da SNK dessa estirpe  são difíceis. Procure “pegar bem o tempo do jogo” antes de arriscar jogar com ela. A recompensa é que você lutará com uma personagem pequena e ágil. Além de poder soltar o Mamahaha na cara dos adversários.




6) Athena Asamiya - Ah, sim… recentemente foi revelado ao Brasil que a SNK tem 3 “Athenas” diferentes. Mas vamos falar da Athena do King of Fighters. (É claro que vocês sabiam que eu falaria de KOF. Seus chatos!) Athena é uma japonesa que salvou seu mestre e seu colega das garras do (apelão do caramba) poderoso Rugal e provou ser uma lutadora cheia de técnicas e poderes. Athena mudou com o passar dos anos, mas não muito, afinal, nem todos os personagens de games não envelhecem.
Recomendo: Tem um vídeo no YouTube com todos os movimentos de Athena no KOF XIII. Seu Super Desesperation Move é fantástico!
Confere aí:



5) Chun Li - a primeira lutadora dos games não poderia ficar de fora desta lista. Isso vocês já sabiam, porque este post é meu. (Então, parem de ser tão espertinhos. Vocês estragam o elemento-surpresa do post). Se o Street Fighter I era promessa de inovação, o Street Fighter II acabou superando as expectativas: uma lutadora! Uma mulher, uma chinesa, uma guerreira destinada a honrar a morte do pai. Foi a primeira em Street Fighter a ter o direito de ter dois finais (vide Super Street Fighter II): seguir sua vida como garota normal, ou continuar vivendo no combate ao crime. Pontos de heroísmo: Mesmo sendo policial, Chun Li dispensa armas e parte sozinha para o combate, como dedicada lutadora de kung fu. Recomendo: Quem acha que “a Chun Li foi feita pra levar Shoryuken” não  jogou verdadeiramente Street Fighter II. Rápida, forte e diferente de muitos caratecas que tem por aí...


4) Mai Shiranui - A SNK não ficou atrás. Em resposta à inovadora Chun Li, nasceu Mai Shiranui. Kunoichi treinada pelo avô, Mai se apaixonou pelo aprendiz dele, Andy Bogard, que é uma besta e, cá pra nós, deve ter sérios problemas por se centrar demais nos treinos ao invés de...  bem... relaxar!
Mai também foi criada na segunda versão do jogo que impulsionou as vendas da SNK: Fatal Fury 2, e nunca foi dispensada dos jogos da franquia Fatal Fury, King of Fighters e Real Bout.
A maior mancada foi o filme do KOF, em que Mai fica dividida entre ficar com Iori ou Kyo, o que prova que qualquer idiota pode fazer um filme.
Recomendo: Em todos os jogos que participa, se mostra uma lutadora de mão cheia. Mas não é de graça. Treine com ela se quiser ver seus finais em Fatal Fury 2, 3 e na saga Real Bout.


3) Jill Valentine - em 1996 a CAPCOM (ela de novo!) publica um novo conceito em jogos: o survivor horror. Jill Valentine faz sua primeira parição. Uma policial treinada, especialmente para um grupo especial de táticas e resgate, a S.T.A.R.S., já na sua primeira missão, encara os perigos da mansão projetada pela corporação terrorista Umbella, uma fachada para um laboratório de experimentos bélicos e biotecnológicos. Jill conseguiu destruir o laboratório e sabotou planos da Umbrella, mas esta não deixou barato: colocou Nemesis (criatura mutante com aptidões múltiplas) em seu encalço (e também no de todos os membros da S.T.A.R.S.). Sim, estou falando de Resident Evil 3
Recomendo: Resident Evil 1, 2 e 3. Embora os gráficos fossem limitados à tecnologia PSOne, os sustos são garantidos. Não recomendo ela no Marvel VS CAPCOM 2. Esse, se for jogar, só faça-o pelo prazer de ver os Desesperation Moves, mesmo: Lança-mísseis e Invocação do Tyrant.




2) Lara Croft - A jovem de longas tranças e munição infinita já matou até um Tiranossauro Rex! Arqueóloga, esperta, ágil, Lara transformou sua mansão em um ginásio gigantesco e treina sem distinção de dias úteis para se tornar a melhor no que faz.
Recomendo: Tomb Raider 2013 (X-box/PC/ PS3) – um remake (não reboot) da história de Lara, mostrando que ela é uma sobrevivente, fazendo suas próprias armas, caçando, sendo perseguida por bandidos. Na última parte desse jogo, todo o cenário será seu adversário. O jogo todo foi legendado e você aprenderá muito sobre o caráter da heroína (e que ele contribua para moldar o seu caráter também, amigo jogador).



1) Samus - em 1986, o mundo dos games sofre um verdadeiro impacto. Samus, após horas de exploração de cavernas, inimigos insanamente brutais e muitos upgrades em armas, finalmente consegue voltar para casa e retirar sua armadura biotecnológica, revelando sua feminilidade. Os jogadores acreditavam que se tratava de um homem, até seu final surpreendente. A situação da moça: presa em um planeta inóspito, cheio de armadilhas e criaturas incompreensíveis pela  razão humana, Samus precisa recuperar a energia de sua nave e deixar o planeta em poucas horas. Samus ganha pontos de heroísmo especialmente pela coragem, inteligência e raciocínio rápido.
Recomendo: Super Metroid, do Super Nintendo. Pode ser no emulador. Termine o mais rápido que puder e melhor será o final.


E então, pessoal? Gostaram da lista? Queriam outras heroínas por aqui?
Comentem!

BE THE FIGHTER!
______________________________________________________________
Talvez você queira ler também:

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

As melhores séries do mundo! - Nerd News



O site The Hollywood Reporter criou um ranking com as 100 melhores séries da história. A votação contou com 2,8 mil pessoas (799 atores, 365 produtores e 268 diretores).

Quer dar uma olhada no resultado?

10º Lugar: Os Simpsons
O quê? Isso significa que Hollywood pensa que existem outras 9 séries melhores que Simpsons? Na opinião deste blogueiro, alguma coisa grave aconteceu aí. Mas vamos tentar não xingar muito o pessoal que se deu ao trabalho de fazer essas estatísticas. E, afinal, o que pode ser melhor que Os Simpsons?

Continua aí...

sábado, 30 de maio de 2015

Confronto: Cadmus versus Shield - Puxando a Brasa Pro Meu Lado


Se você já lia quadrinhos da Marvel e da DC nos anos 90, certamente deve ter visto alguns crossovers da patrocinados/adaptados pela editora Abril.

Por razões óbvias, o que nunca se viu foi um crossover entre as potências militares dos quadrinhos. É com muito orgulho que o NOWL coloca em Confronto as duas referências:
No lado esquerdo, pesando 30 toneladas em criptonita, C.A.D.M.U.S. (DC).
No lado direito, pensando 94 toneladas em seu porta-aviões, S.H.I.E.L.D. (Marvel Comics).


C.A.D.M.U.S.










Critérios


S.H.I.E.L.D.

O Projeto Cadmus é um setor do governo norte-americano no Universo DC criado por Jack Kirby, ainda apresentado como Projeto DNA em Superman´s Pal Jimmy Olsen #133 (Outubro de 1970).

Idade, Tradição
e História
(fora das HQs)

Criada por Stan Lee e Jack Kirby, teve sua primeira aparição em Strange Tales #135 (Agosto de 1965), sob o título "Divisão de Logística, Aplicação e Intervenção Estratégica Interna". Em 1966 a sigla ganhou o significado atual.
O CADMUS é uma iniciativa do governo americano. Temendo o poder que heróis como a Liga da Justiça têm por todo o mundo, suas manobras de Espionagem, Pesquisa e Combate são voltadas à Manutenção da Ordem e à Igualdade, mesmo para os super-seres.



Prioridades
Inicialmente, Contraespionagem e manutenção da Lei, como uma agência acima da CIA e do FBI. Tempos mais tarde, a SHIELD passa a ser parte de uma divisão da ONU e da OTAN, dado seu poderio. Em seus últimos atos, a SHIELD era a solução extrema para casos que exigem intervenção da ONU.
Dificilmente um agente do CADMUS irá se identificar. Seu treinamento em matéria de espionagem e planejamento à longo prazo sempre valeram a pena. O CADMUS conhece a identidade de vários heróis, embora jamais tenha assumido isso publicamente. Entre os grandes feitos do CADMUS estão o roubo do banco de dados da Liga da Justiça.



Discrição
e
Espionagem
Discrição não é uma palavra que define muito bem as ações da SHIELD. Talvez porque espionagem sem ação seja um tanto sem-graça, mas a SHIELD peca pelo número de agentes em campo e faz alarmes muito espalhafatosos. Os mais discretos foram Clint (Gavião Arqueiro, como atirador de elite), Natasha (Viúva Negra), e Maria Hill (raramente agente em campo).
O CADMUS já foi usado por alguns super-vilões para que se obtivesse alguma informação privilegiada, mas jamais foi derrubado por conspirações internas, tampouco sua estrutura já foi abalada por alguma tentativa interna.

Tentativas
de
Sabotagem
A SHIELD já foi a vítima das suas próprias sagas numerosas vezes. A pior delas apareceu no filme Capitão América – O Soldado Invernal, que deixou claro que SHIELD é apenas uma máscara da organização nazista HIDRA.
Por se tratar de uma organização muito discreta, suas ações mais pesadas foram direcionadas a lugares desertos ou inabitados, todos acobertados pelo governo americano.

Custos
ao
Estado
Devido às missões que envolvem ações extremas, a SHIELD já transformou cidades em campos de batalha. Geralmente Nova York é a mais retalhada, mas também pela presença de super-heróis e pela necessidade de ativar os Vingadores.
O CADMUS tem um fornecedor incomum: a LexCorp. Além disso, ela também já “pirateou” alguns itens do Batman. Já nas pesquisas, o CADMUS investe mais em mutações biológicas, e até um pouco da área espacial, com apoio da NASA.

Tecnologia
e
Pesquisas
A SHIELD tem seus próprios laboratórios de pesquisa e avanço tecnológico, conta com o auxílio de Hank Pym e de Tony Stark, e ainda possui sua própria linha de armas e defesas que levam seu selo.
Amanda Waller, já líder do Esquadrão Suicida, com um doutorado em ciências políticas e membro ativo e influente do Congresso Americano.
General San Lane, que, com ajuda de Lex Luthor, coordenou a pesquisa de controle de Apocalypse. Além disso, ele mesmo experimentou um soro mutagênico que o deixou semelhante ao bichão que matou o Superman.



Líderes
e
Ícones
Nick Fury, espião, agente em campo, membro coordenador e consultor da SHIELD.
Maria Hill, agente estratégica, raramente em campo. Assume as funções de comando na ausência de Nick Fury.
Tony Stark – um dos mais inteligentes homens da Marvel, na esperança de tornar-se Ministro da Defesa Norte-americana, aceita o cargo de diretor.
Se usar todo o poderio de fogo, o CADMUS deteria apenas uma parte do poder da SHIELD como agência mundial. Mas, se redimensionar a SHIELD para agência americana, seria um duelo mais justo.


Confronto
 Direto
A SHIELD tem armas, veículos e engenhocas que a colocaria algumas décadas à frente do CADMUS. Consideremos a SHIELD apenas americana, seu armamento e o treinamento de seus agentes significariam a vitória (não muito fácil).
O CADMUS precisaria de alguns anos de estudo para começara intervir nas atividades da SHIELD. Mas como o padrão de espionagem é alto, o CADMUS venceria destruindo a SHIELD de dentro para fora.

Conflito
Indireto
A SHIELD cedo ou tarde, partiria para a ação. Digamos que as chances da SHIELD vencer na mesma estratégia do CADMUS é 33% menor, dados os históricos das duas organizações.
Sem Amanda Waller e San Lane, o CADMUS continua seus projetos sempre mantendo-se oculto. Não se sabe muito mais sobre o futuro após a aposentadoria de suas principais figuras públicas.




Legado
A SHIELD serviu de modelo para várias outras organizações:
STRIKE – Agência do Reino Unido.
SWORD – Agência para assuntos extraterrestres.
Euromind – Divisão européia da SHIELD.
ARMOR – Divisão secreta para controle de zumbis e outros contágios de periculosidade mundial.
SAFE – Divisão Norte-americana da SHIELD (ONU).
HAMMER – a nova SHIELD, sob comando de Norman Osborn.


Amanda Waller não curtiu isso.
C.A.D.M.U.S. 6 x 7 S.H.I.E.L.D.
É... ser promovido de organização nacional para mundial não é pra qualquer divisão do governo, não é?

Você curtiu o confronto? Deixa sua opinião aí nos cometários!





___________________________________________________________

Talvez você queira ler também:

Nerd News - O.V.N.I. Flagrado ao vivo na Inglaterra


Me chamem de bobo, mas eu acredito em vida extra-terrestre...


Esse aí, não sei se é o caso. Mas que foi estranho, isso foi.
Quais as opiniões de vocês?

Achei no Compartilhável.

quarta-feira, 4 de março de 2015

Receptáculo Mental - TOP 10: Templos mais belos ja construídos

Desde sempre os seres humanos em suas culturas tentam criar construções e meios de superar o ranking das maiores obras feitas pela humanidade e até mesmo da natureza.  Por isso mesmo que temos três listas que registram sete das maiores maravilhas do mundo, uma com as do mundo antigo, que já foram quase totalmente destruídas, outra com as do mundo moderno, que ainda podemos ver em alguns poucos países e por fim as sete maravilhas naturais. Mas vejamos uma lista um pouco diferente a de alguns dos templos mais belos que foram construídos pelos homens.


1º Mosteiro de Taktsang  (Butão)
MOSTEI~1

2º Igreja de Borgund Stave (Noruega)
igreja_5

3º Templo de Jokhang (China)
potala-palace

4º Catedral de Notre-Dame (França)
belas igrejas catedral de notre dame_thumb[1]

5º Shwedagon Paya (Myanmar)
shwedagon-pagoda

6º Cúpula da Rocha (Israel)
5837377182_3ceb92dbea_o

7º Basílica de Santa Sofia (Turquia)
belas igrejas Hagia-Sophia_thumb[1]

8º (Catedral de São Basílio (Russia)
belas+igrejas+Catedral+de+São+Basílio_thumb%5B1%5D

The Crystal Cathedral (EUA)

10º Basílica de São Pedro (Vaticano) 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Receptáculo Mental - Top 10: Cursos que um técnico em segurança do trabalho deveria ter

1º Curso de Primeiro Socorro
Por estar na grade curricular dos cursos de TST, poucos técnicos dão atenção a esta modalidade, mas já passou por um momento que ocorreu um acidente de trabalho? você junto com os enfermeiros e médicos do trabalho (se a empresa tive-los) serão os primeiros que todos irão solicitar ajudar, então sempre se mantenha atualizado, uma vida pode depender de você.
-------
2º Cursos de gestão integrada como ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001!
Para quem almeja um trabalho em uma grande nacional ou mesmo multinacional, é muito importante buscar especializações nas ISO's e OHSAS, além de destacar seu currículo, lhe dará chances maiores de remuneração!
-------
3º Curso de elaboração de PPRA
Se no seu curso e no estágio não fez nenhum PPRA, é bom estudar a possibilidade de fazer um curso de elaboração de PPRA, pois um dia com toda certeza uma destas irá cair nas suas mãos.
-------
4º Curso de Higiene Ocupacional
Esse faz parte da grade curricular do curso de todos os TST, mas com aumento das fiscalizações e das normas que classificam e especificam a higiene ocupacional é bom começar a pensar na possibilidade de especializar nesta área.
-------
5º Curso de Brigada de Incêndio ou Bombeiro Civil
No curso de CIPA temos que ministrar prevenção e combate a incêndio. É tema obrigatório, a menos que na sua empresa não tenha risco de incêndio o que é raro. Então um cursinho nesta área nunca é demais.
-------
6º Cursos Específicos de NR e ou NBR's
Se você busca atuar em uma área que existe uma modalidade especifica de trabalho que se encaixe e duas ou três NR's e NBR's nunca é demais manter atualizados seus cursos nessas áreas, que podem abrir muitas portas para futuros empregos.
-------
7º Curso de informática
O TST precisa saber pelo menos o básico para poder fazer um PPRA, criar um banner, uma placa de sinalização, orientação. Então precisará saber usar um computador e suas ferramentas básicas.
-------
8º Curso de inglês ou língua estrangeira
Se pretender concorrer à vaga de trabalho em multinacionais ter um curso de inglês é básico. Se a empresa não utiliza especificamente o inglês, mas outra língua e você almeja muito um emprego em um empresa deste porte, é melhor correr atras de uma segunda língua, pois isso pode fazer a diferença na sua contratação!
-------
9º CNH (Carteira Nacional de Habilitação)
É importante que todo TST tenha CNH. Pode acontecer e acontece muito de o TST de em uma emergência você tenha que utilizar de um veículo particular ou da empresa, então para a agilidade isso sempre entra em conta.
-------
10º Um curso de oralidade ou atendimento ao público
Por si só, no chão de fábrica o técnico sempre tem a fama de ser um cara chato, mau humorado e com cara de poucos amigos, por tanto é sempre importante saber lidar com humanos, nas situações boas e ruins, para isso dominar bem a linguagem e ser um  profissional bem visto é sempre bom fazer um cursinho para aprender algo nesta área, não menos importante, que é sua apresentação diante de todos.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Adeus, Gran Chase!


Aposto que você já sabia, mas a KOG deve retirar do mercado brasileiro o server de um dos mais bonitos Multi-massive-Adventures do planeta: Gran Chase!

Isso aqui nas terrinhas verde-amarelas!
A equipe da LEVEL UP tentou negociar a portabilidade do jogo, mas segundo ela eles são irredutíveis e rejeitaram toda a oferta.

O server-br ficará ativo até 13 de abril. Até lá, a KOG terá editado um final para o jogo, em homenagem aos 9 anos em que o Brasil se aventurou pelo irmão do RAGNAROK.

Por falar nisso, a Level Up já fez sua homenagem, com imagens e frases dos protagonistas do jogo.
E, comovidos pela perda e em respeito aos fãs do jogaço, pegamos emprestada essa homenagem.

Com vocês, o time Gran Chase!

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Receptáculo Mental - Top 10: Animais extintos que podem voltar a vida

Você já assistiu a franquia Jurassic Park e ficou se imaginando que a ciência poderia trazer animais extintos de volta a vida? Se sim, saiba que estamos cada dia mais perto de que isso aconteça graças aos avanços genéticos modernos. Contudo vai ser difícil escolher quais deles gostaríamos de ver em jaulas de zoológicos ou soltos pela natureza. Obviamente, essa tarefa não é fácil e, além de algumas barreiras científicas, há também muita discussão ética sobre o assunto. Mas, como não custa especular um pouquinho e sonhar com um futuro cheio de animais extintos pelo homem ou pela natureza que poderão ser ressuscitados. Confira abaixo o top 10 dos mais prováveis seres que podem voltar a serem vistos um dia no nosso globo azul.  

1. Mamute-lanoso

9656827792183618 
 Os mamutes-lanosos habitaram o norte da Terra e foram uma das últimas espécies de mamute a serem extintas. Diversos fósseis e amostras desse animal já foram recolhidas ao longo dos anos e, por viver em locais muito frios, há restos congelados com tecido mole muito bem preservado. Em 2011, um dos espécimes encontrados possuía a medula óssea praticamente intacta, o que abre possibilidades ainda maiores de trazer esse animal à vida. O cientista russo Semyon Grigoriev, diretor do museu do mamute da República de Sakha, junto com colegas do Japão, declarou que, com esse material em mãos, a clonagem poderia ser feita em um período de até cinco anos.  

2. Tigres-da-tasmânia

9656827792183733 

Acredita-se que o tigre-da-tasmânia entrou em extinção durante o século XX, mas ainda hoje é considerado como o maior marsupial carnívoro dos tempos modernos. Apesar de também ter sofrido com a presença humana, essa espécie possui uma diversidade genética muito baixa, o que a torna pouco adaptável a mudanças. Em 2008, pesquisadores extraíram o DNA de um espécime com 100 anos de idade e ressuscitaram seu material genético, incluindo-o no embrião de um rato. Essa foi a primeira vez que o DNA de um animal extinto foi usado no embrião de uma criatura viva para estudo.


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Mudanças

Pessoal, preciso ser honesto com vocês!

Tá difícil manter o blog na ativa.
Este ano, publiquei apenas 7 postagens.
Não to culpando a equipe por não ter postado nada. Ao contrário, entendo perfeitamente que todos tiveram suas mudanças, seus problemas e outras publicações.
Nossos membros há mais de um ano não postam. E eu entendo.

Mas sinto que largar este blog seria largar um pedaço de mim.
Por isso, estou propondo uma renovação na equipe!
Gente que tenha tempo, que queira publicar, que abrace a causa comigo. Pois ela é muito grande para que eu a abrace sozinho.

E-mail-me, pessoal:
robertobier@gmail.com


Reformular a equipe e botar essa bagaça (com 100 seguidores) a funcionar!
Vamu nessa?